Informações úteis

Conteúdos:

  1. Voto no Estrangeiro
  2. Serviços Bancários (Caixa Geral de Depósitos)
  3. Como escrever com teclado Português num teclado físico Britânico

1. Voto no Estrangeiro

crossing the box

Clique para saber mais

Caso seja residente no Reino Unido, o voto no estrangeiro faz-se através do Recenseamento Eleitoral no Consulado da sua área de residência. Válido para as eleições para a Assembleia da República, para o Presidente da República e para o Parlamento Europeu.

Voto no Estrangeiro - Residentes (clique para saber mais)
  • Cidadãos portugueses residentes no Reino Unido que queiram exercer o seu direito de voto nas eleições legislativas, presidenciais ou europeias devem proceder ao recenseamento eleitoral junto do Consulado da sua área de residência.
  • O recenseamento eleitoral está aberto até:
    • 60 dias antes da data da eleição em questão;
    • ou até 55 dias antes da eleição, no caso de cidadãos que completem 18 anos até ao dia da eleição.
  • O acto de recenseamento eleitoral, tal como qualquer outro acto consular, carece de inscrição consular, que poderá ser feita na mesma altura.
  • No Consulado Geral de Portugal em Londres o recenseamento eleitoral não carece de marcação prévia e funciona todos os dias úteis entre as 8h30 e as 16h, sendo o período da tarde preferencial;
  • No Consulado Geral de Portugal em Manchester, o recenseamento eleitoral carece preferencialmente de marcação prévia. Aconselha-se que seja enviado e-mail (consulado.manchester@mne.pt) que contenha na linha de assunto “recenseamento eleitoral” e que forneça no corpo do e-mail o nome e endereço no Reino Unido. A marcação será depois confirmada por e-mail com instruções quanto à documentação necessária.
  • Documentos a apresentar:
    • Cartão de cidadão/bilhete de identidade válidos ou título de residência no Reino Unido; e
    • Comprovativo de residência no Reino Unido (utilities bill, contrato de arrendamento ou extrato bancário, carta do NHS), no caso de a morada no Cartão de Cidadão ser ainda a de Portugal.
  • Quem reside de forma prolongada no estrangeiro não poderá fazer uso do regime de Voto Antecipado só porque o seu cartão de cidadão/bilhete de identidade ainda regista uma morada em Portugal.
  • O voto é:
    •  Presencial (no próprio dia, junto do Consulado da área de residência), no caso das eleições presidenciais e europeias;
    • Por correspondência, no caso das eleições legislativas.

Fonte primária: Facebook do Consulado de Portugal em Londres , Consulado Geral de Portugal em Manchester

[collapse]

Caso esteja deslocado no Reino Unido (ver requisitos para as eleições da Assembleia da República (X), Presidente da República (X), Parlamento Europeu (X)), pode exercer o seu direito de voto através do Voto Antecipado.

Esta possibilidade não é aplicável aos eleitores que se encontrem a residir e trabalhar no estrangeiro a título permanente e prolongado.

Voto Antecipado no Estrangeiro - Deslocados (clique para saber mais)

 

 

  • Nas eleições para o Parlamento Europeu, para o Presidente da República e para a Assembleia da República, está contemplado o regime de Voto Antecipado;
  • Podem votar antecipadamente todos os eleitores recenseados em território nacional deslocados em trabalho no estrangeiro;
  • Outras situações poderão ser abrangidas pelo regime de Voto Antecipado (incluindo certos casos relativos a estudantes, investigadores e bolseiros) – saiba mais sobre os critérios para cada eleição: Assembleia da República (X); Parlamento Europeu (X); Presidente da República (X);
  • A possibilidade de Voto Antecipado não é aplicável aos eleitores que se encontrem a residir e trabalhar no estrangeiro a título permanente e prolongado (ver secção “Voto no Estrangeiro – Residente”);
  • Para votar antecipadamente, deve dirigir-se  às representações diplomáticas, consulares ou às delegações externas dos ministérios e instituições públicas portuguesas previamente definidas pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, entre o 12.º e o 10.º dia anterior à eleição;
  • Deve indicar:
    • Nome;
    • Número de eleitor;
    • Documento de identificação elegível;
    • Comprovativo do impedimento de deslocação à assembleia de voto no dia da eleição.

Fonte primária: Site da Comissão Nacional de Eleições

[collapse]

Para saber mais, consulte os seguintes links:

Voto no Estrangeiro - Links de Interesse (clique para saber mais)

Links de Interesse:

Geral

Portal das Comunidades – Informação sobre a rede consular no Reino Unido (contactos, localização, horário de funcionamento)

Site de Recenseamento Eleitoral – Permite obter informação sobre o número de eleitor e freguesia ou distrito consular a que o cidadão pertence actualmente;

Voto no Estrangeiro – Residentes

Site do Consulado de Portugal em Londres – Informação sobre o Recenseamento Eleitoral no CG Londres

Portal do Cidadão – Informação geral sobre o voto para residentes no estrangeiro;

Site da Comissão Nacional de Eleições – Informação geral sobre os actos eleitorais. Calendarização das eleições (X); FAQ sobre o voto no estrangeiro para a Assembleia da República (X); FAQ sobre o voto no estrangeiro para o Parlamento Europeu (X);

Voto Antecipado no Estrangeiro – Deslocados

Site da Comissão Nacional de Eleições – Informação geral sobre os actos eleitorais. FAQ sobre o voto antecipado no estrangeiro para a Assembleia da República (X); FAQ sobre o voto antecipado no estrangeiro para o Parlamento Europeu (X);

Folheto Informativo sobre o Voto Antecipado para as Eleições Presidenciais (informação relativa ao Acto Eleitoral de 2011);

[collapse]

 

Última actualização: 16 de Novembro de 2015

nota: A informação presente nesta página encontra-se actualizada e correcta na medida do possível, devendo no entanto ser confirmada atempadamente junto das entidades competentes.

[collapse]


2. Serviços bancários *

CGD2

 

 

 

Clique para saber mais

A CGD é um parceiro da PARSUK desde a sua fundação.
Esta parceria tem sido consubstanciada em diversos tipos de apoio, nomeadamente através de patrocínio ao LUSO e mais recentemente também patrocinando bolsas Parsuk Xperience.

Talvez te importe saber que….

A CGD tem em Londres um Serviço de apoio local aos seus clientes, através do qual, entre outros, presta os seguintes serviços:

– Abertura de conta numa Agência em Portugal,
– Subscrição ou reforço de aplicações financeiras,
– Solicitar adesão a cartões (débito e crédito) e Serviço Caixadirecta (Internet banking),
– Obtenção de informações sobre Operações de Crédito Habitação e Pessoal, incluindo Crediformação,
– Pedidos de transferência de e para Portugal,
– Actualização de dados pessoais (moradas, contactos, etc…),

A CGD possui na sua vasta oferta, os seguintes produtos especialmente direccionados aos seus clientes que residem fora do país, nomeadamente no Reino Unido:
– Cartão de débito RE, que lhes permite a utilização desse mesmo cartão no país de residência com isenção de custos de transacção (seja nos levantamentos seja nos pagamentos),
– Serviço de transferências do Reino Unido para Portugal, isento de custos e em condições de taxa de câmbio muito competitivas,

A CGD em Londres pode ser contactada via email, telefone, ou correio postal:

Endereço:
Caixa Geral de Depósitos, SA
Área de Particulares
41 Lothbury
EC2R 7HG
LONDON

Email: personalbanking@cgd-uk.com
Telefone: 02072800250
Responsável pela Área de Particulares: José Carvalho

[collapse]

 

* Informação disponibilizada pela Caixa Geral de Depósitos, parceiro da PARSUK.


3. Como escrever com teclado Português num teclado Britânico

Clique para saber mais

Independentemente do teclado físico que se tenha, é possível trocar facilmente entre teclados de diferentes países, evitando problemas de acentuação e uso de símbolos.

Em Windows, o procedimento faz-se da seguinte forma (clique na imagem para expandir):

teclado_britanico

[collapse]